CONDUZIR E OPERAR COM O TRATOR EM SEGURANÇA - COTS

DURAÇÃO: 35H 

PREÇO

175 €

Apresentação

De acordo com a Nota Técnica nº 6 da ACT (Autoridade para as Condições no Trabalho):
“Por envolverem riscos específicos para os trabalhadores, em especial o risco de esmagamento devido ao capotamento da máquina ou do equipamento de trabalho agrícola ou florestal, a condução e operação deste tipo de máquina e equipamento deve ser efetuada por trabalhador devidamente habilitado/formado para esse efeito. Para a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) a habilitação legal para a condução de tratores e máquinas agrícolas pode assumir duas formas: Carta de Condução ou Licença de Condução, variável com o tipo de trator e de máquina agrícola ou florestal. (...) Nesse sentido, a ACT para além da habilitação legal exigida pelo Código da Estrada exige que os operadores de tratores e máquinas agrícolas ou florestais sejam detentores de formação habilitante, que deverá ser atendida em operações com máquinas e equipamentos, no interior das explorações, (...) Assim, a formação habilitante pode assumir a forma de Licença de Condução ou Carta de Condução, complementada com a formação adequada para a operação com tratores e máquinas agrícolas ou florestais. Neste sentido, deve complementar a habilitação para a condução de que é detentor (carta de condução ou licença de condução) com o curso “Conduzir e operar com o trator em segurança” (35 horas)”.

Destinatários|as

Ativos empregados com carta de condução ativa.

Conteúdos Programáticos

  • 1. Introdução ao Curso
  • 2. Acidentes com Tratores em Portugal
  • 2.1. Caracterização geral - dados estatísticos;
  • 2.2. Acidentes e mortalidade na via pública - incidência, tipo de acidentes e principais causas;
  • 2.3. Acidentes e mortalidade na exploração - incidência, tipo de acidentes e principais causas.
  • 3. Condução e Prevenção Rodoviária com Veículos Agrícolas - Código da Estrada e Normas Aplicáveis
  • 3.1. Habilitação para a condução para tratores agrícolas;
  • 3.2. Princípios gerais de transito e de segurança rodoviária;
  • 3.3. Condutor e o seu estado físico e psicológico;
  • 3.4. Condutor e o veículo;
  • 3.5. Condutor e os outros utentes da via;
  • 3.6. Condutor, a via e os outros fatores externos;
  • 3.7. Condutor e o conhecimento do veículo, aptidões e comportamento;
  • 3.8. Legislação aplicável.
  • 4. Veículo Seguro - Equip. de Seg. e Proteção Coletiva do Trator - Código Trabalho e Normas Aplicáveis
  • 4.1. Homologação. Declaração CE de conformidade. Marcação CE. Manual de instruções;
  • 4.2. Consulta do manual de instruções para verificação e manutenção periódicas do veículo;
  • 4.3. Estruturas de proteção - cabine, quadro, arco de Santo António;
  • 4.4. Sistemas de retenção cinto de segurança;
  • 4.5. Protetores de órgãos ativos e quentes;
  • 4.6. Extintor;
  • 4.7. Sinalização luminosa rotativa;
  • 4.8. Espelhos retrovisores;
  • 4.9. Caixa de primeiros socorros.
  • 5. Equipamento de Proteção Individual
  • 5.1. Descrição, caracterização e função de cada elemento de proteção;
  • 5.2. Cuidados particulares com o vestuário a usar em função das máquinas a operar.
  • 6. Conduzir e Operar com o Trator em Segurança
  • 6.1. Principais mandamentos de segurança com o trator;
  • 6.2. Cuidados a ter antes de acionar e começar a trabalhar e no acesso ao trator;
  • 6.3. Posição do operador para conduzir o trator ou operar comandos periféricos;
  • 6.4. Cuidados a ter com o trator acionado;
  • 6.5. Cuidados a ter na condução do trator adequada às condições do tráfego, do piso e das condições clima
  • 6.6. Cuidados a ter com outras pessoas;
  • 6.7. Cuidados a ter no engate de máquinas e alfaias aos 3 pontos do hidráulico;
  • 6.8. Cuidados a ter no engate do reboque e dispositivos de segurança;
  • 6.9. Conduzir o trator na via pública s/ e c/ reboque s/ e c/ máquinas montadas, semi-montadas ou rebocad
  • 6.10. Cuidados a ter para evitar o reviramento ou o capotamento do trator;
  • 6.11. Boas práticas de segurança na condução, operação e engate/desengate de reboques e semi-reboques e ou
  • 7. Conduzir o trator em condições perigosas e operar com órgãos ativos
  • 7.1. Conduzir e operar em terreno acidentado;
  • 7.2. Conduzir e operar o trator com carregador frontal;
  • 7.3. Conduzir e operar o trator com reboque carregado e descarregado;
  • 7.4. Cuidados a ter com uso da báscula do reboque;
  • 7.5. Operar com TDF (tomada de força) – Sistemas mecânicos de segurança para veio, e de proteção para o o
  • 7.6. Operar com o sistema hidráulico;
  • 7.7. Velocidade no trator adequada às condições do piso e das condições climatéricas;
  • 7.8. Travar o trator. Utilizar o sistema de travagem. Combinar a travagem com a utilização da caixa de ve
  • 7.9. Respeitar as distâncias de segurança relativamente a cômoros, valas e precipícios;
  • 7.10. Boas práticas de segurança na condução, operação e engate/desengate de reboques e outras máquinas ag
  • 8. Avaliação

Preço

Preço: 175 € Isento de IVA

Outras Informações

Complementar os conhecimentos teóricos e práticos dos participantes sobre a condução e operação de tratores em segurança, tendo em vista a melhoria do seu desempenho na via pública e na exploração e a redução da sinistralidade.

Este curso pode ser realizado na(s) seguinte(s) localidade(s):

  • Braga
  • Instalações dos clientes
  • Lisboa
  • Porto
  • Viseu
Rita Sousa

Habilitações académicas: (requisito obrigatório)

Grau académico mínimo: 4º ano (concluído)

Habilitação literária:
Escolaridade obrigatória, em função do ano do nascimento, nos termos do ponto 3 do artigo 7.º, do Anexo ao Despacho n.º 5756/2020, de 26 de maio:
• Quatro anos de escolaridade – nascimento até 31 de dezembro de 1966;
• Seis anos de escolaridade – nascimento entre 1 de janeiro de 1967 e 31 de dezembro de 1980;
• Nove anos de escolaridade – nascimento a partir de 1 de janeiro de 1981;
• Doze anos de escolaridade - A partir de 1 de janeiro de 1997.
Podem também ser aceites formandos que não cumpram a escolaridade obrigatória, desde que se enquadrem nos regimes definidos na alínea b1) do ponto 3 do art.º 7º do Anexo ao Despacho n.º 5756/2020, de 26 de maio.
Outros requisitos:
• Carta de condução da categoria B, C ou D (1);
ou
• Título de condução que habilite a conduzir veículos agrícolas, quando o seu titular pretenda atualizar conhecimentos.
Requisitos definidos tendo em atenção o cumprimento do Despacho n.º 1819/2019, de 21 de fevereiro.
Habilitação de condução:
1. Existência de cópia da carta de condução de todos os formandos no momento da avaliação;
2. A carta de condução é única e contém averbadas todas as categorias de veículos que habilita o seu titular a conduzir;
3. As cartas de condução válidas, emitidas para a Categoria B, habilitam os seus titulares a conduzir veículos agrícolas da Categoria II:
a) Tratores agrícolas ou florestais simples ou com equipamentos montados, desde que a massa máxima do conjunto não exceda 3500 kg;
b) Tratores agrícolas ou florestais com reboque ou máquina agrícola ou florestal rebocada, desde que a massa máxima do conjunto não exceda 6000 kg.
4. As cartas de condução válidas, emitidas para a Categoria C e D, habilitam os seus titulares a conduzir veículos agrícolas da Categoria II e III.
a) Tratores agrícolas ou florestais com ou sem reboque e máquinas agrícolas pesadas.

Objectivos Gerais

Complementar os conhecimentos teóricos e práticos dos participantes sobre a condução e operação de tratores em segurança, tendo em vista a melhoria do seu desempenho na via pública e na exploração e a redução da sinistralidade.

Coordenador/a Científico/a

Rita Sousa

Localidades

Este curso pode ser realizado na(s) seguinte(s) localidade(s):

  • Braga
  • Instalações dos clientes
  • Lisboa
  • Porto
  • Viseu

Requisitos mínimos de participação

Habilitações académicas: (requisito obrigatório)

Grau académico mínimo: 4º ano (concluído)

Habilitação literária:
Escolaridade obrigatória, em função do ano do nascimento, nos termos do ponto 3 do artigo 7.º, do Anexo ao Despacho n.º 5756/2020, de 26 de maio:
• Quatro anos de escolaridade – nascimento até 31 de dezembro de 1966;
• Seis anos de escolaridade – nascimento entre 1 de janeiro de 1967 e 31 de dezembro de 1980;
• Nove anos de escolaridade – nascimento a partir de 1 de janeiro de 1981;
• Doze anos de escolaridade - A partir de 1 de janeiro de 1997.
Podem também ser aceites formandos que não cumpram a escolaridade obrigatória, desde que se enquadrem nos regimes definidos na alínea b1) do ponto 3 do art.º 7º do Anexo ao Despacho n.º 5756/2020, de 26 de maio.
Outros requisitos:
• Carta de condução da categoria B, C ou D (1);
ou
• Título de condução que habilite a conduzir veículos agrícolas, quando o seu titular pretenda atualizar conhecimentos.
Requisitos definidos tendo em atenção o cumprimento do Despacho n.º 1819/2019, de 21 de fevereiro.
Habilitação de condução:
1. Existência de cópia da carta de condução de todos os formandos no momento da avaliação;
2. A carta de condução é única e contém averbadas todas as categorias de veículos que habilita o seu titular a conduzir;
3. As cartas de condução válidas, emitidas para a Categoria B, habilitam os seus titulares a conduzir veículos agrícolas da Categoria II:
a) Tratores agrícolas ou florestais simples ou com equipamentos montados, desde que a massa máxima do conjunto não exceda 3500 kg;
b) Tratores agrícolas ou florestais com reboque ou máquina agrícola ou florestal rebocada, desde que a massa máxima do conjunto não exceda 6000 kg.
4. As cartas de condução válidas, emitidas para a Categoria C e D, habilitam os seus titulares a conduzir veículos agrícolas da Categoria II e III.
a) Tratores agrícolas ou florestais com ou sem reboque e máquinas agrícolas pesadas.